Consumo familiar é um dos vilões do desperdício; Saiba como ser um consumidor consciente

Conseguir diminuir o desperdício e comprar apenas o necessário é um dos pilares do consumo consciente. De acordo com uma pesquisa da Nielsen, 42% dos consumidores brasileiros estão mudando seus hábitos de consumo para reduzir o impacto no meio ambiente. Mas o desperdício de alimentos é um impeditivo para que o país alcance um nível de consumo consciente considerável.

Segundo um relatório desenvolvido pela Embrapa, o brasileiro desperdiça, em média,  41,6 kg de comida por ano. E o pior: durante a pandemia, a geração de resíduo domiciliar cresceu mais de 10%, alcançando um patamar entre 15 e 20%

Canecas Personalizadas

Atenta ao cenário e buscando uma solução para o problema, a Food To Save desenvolveu um modelo que resgata produtos excedentes de estabelecimentos parceiros. As chamadas “sacolas surpresa” comercializam alimentos com 70% de desconto com produtos próximos da validade ou que não podem ser reaproveitados no dia seguinte.

São mais de 100 estabelecimentos cadastrados na Capital Paulista e no Grande ABC e as sacolas são adquiridas no site ou aplicativo da empresa e podem ser entregues via delivery ou retiradas diretamente nos locais escolhidos.

Além da solução, o CEO e fundador da startup, Lucas Infante, citou algumas dicas para melhorar o consumo em casa e fazê-lo de forma mais consciente. Confira!


1 – Planeje suas compras

Crie o hábito de fazer listas de compras antes de ir ao supermercado. Dessa forma você garante que comprará apenas o essencial e não por impulso ao ver os produtos na prateleira. Chegando em casa, o risco de desperdício desses alimentos é muito mais baixo, já que você sabe quais são os itens que você vai consumir na sua rotina.⠀

2 – Conserve os alimentos de forma correta

Deixar os alimentos em locais limpos e temperaturas adequadas é essencial para que eles não estraguem e acabem tendo o lixo como destino. É importante destacar que cada produto tem o seu modo de armazenamento, que preserva a sua qualidade.

3 – Prepare apenas a quantidade de comida necessária

Os brasileiros estão acostumados a preparar uma mesa farta, com diversos tipos de pratos, e, muitas vezes, grande parte acaba sendo jogada fora. Pense socialmente e no meio ambiente como um todo, e cozinhe apenas o que a sua família pode consumir naquela refeição. Ah, isso vale na hora de fazer o prato também!

4 – Reaproveite tudo o que puder

Congelar os alimentos em embalagens apropriadas, como plástico ou vidro, é uma das formas corretas de armazenar a comida para reaproveitá-la em outro momento. A internet também nos ajuda muito para outra tática: procurar receitas para deixar seu alimento com uma nova cara; isso vale para cascas, sementes e até arroz e feijão já temperados. ⠀

Passo a passo: como funciona a FOOD TO SAVE

Os pedidos podem ser feitos diretamente no site da foodtech ou pelo aplicativo, disponível para Android e IOS. Basta inserir o CEP do local em que se encontra e visualizar os estabelecimentos mais próximos que possuem sacolas disponíveis no dia. O cliente pode optar por receber a sacola em seu endereço ou retirá-la diretamente no estabelecimento escolhido. De acordo com o que estiver disponível, a plataforma mostra o valor que deverá ser pago e o tipo de produto que irá na sacola surpresa, podendo o cliente escolher entre doce, salgada e mista.

Matéria anteriorPerifa Talks Amazônia promove conversa sobre bioeconomia, arte e ancestralidade
Próxima matériaEmpresas de assinatura de carros amplia seu portfólio de utilitários elétricos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

18 − quatro =