Programa Força Voluntária Pelos Animais possui mais de 800 participantes e busca pessoas em todos os Estados brasileiros

Que tal começar o novo ano fazendo a diferença no mundo? A organização Mercy For Animals (MFA) está com inscrições abertas para o seu programa de voluntariado, o Força Voluntária Pelos Animais. O programa, que existe desde 2016, é um dos maiores do país e conta hoje com mais de 800 participantes, distribuídos em 18 estados brasileiros, além do Distrito Federal. O principal objetivo da organização é contar com membros em todos os estados do Brasil para a realização de atividades e ações em prol da proteção animal.

De acordo com o gerente de Voluntariado da MFA, Diogo Fernandes, o programa já capacitou mais de 2 mil voluntários, que participaram de mais de 6 mil ações. Atualmente, conta com 30 núcleos de participantes em cinco estados. “Para 2022, o programa passou por algumas mudanças para que os núcleos de cada Estado possam ter mais autonomia. Os voluntários poderão contribuir de diferentes maneiras, de acordo com a vontade e a experiência de cada um”, explica.

Canecas Personalizadas
Fotos: Marcello Fim/Mercy For Animals

Entre as diversas ações promovidas pelo programa, estão a participação em manifestações pacíficas, distribuição de materiais informativos, realização de palestras, ações de incentivo presenciais e on-line, demonstrações culinárias, entre outras.

A instrutora de ioga Isilda de Sales, 46 anos, de Palmas (TO), entrou no programa em 2017, após conhecer a MFA por meio das redes sociais. “Na época, eu já era vegana há cinco anos e buscava me conectar com pessoas que queriam ajudar os animais para além se ser vegana. Foi então que descobri que poderia ser voluntária”, lembra.

Já a gaúcha Patricia Rochele de Castro, bióloga de 46 anos, entrou no programa em 2016, enquanto participava de uma feira vegana na cidade. Dois voluntários estavam recolhendo assinaturas para adesão de novos integrantes. “O voluntariado faz parte da minha vida, desde pequena. Meu pai sempre foi atuante junto a famílias em situação de vulnerabilidade e eu sempre o acompanhava. Já na adolescência, comecei a juntar dinheiro para dar ração e castrar animais que levava para casa. Ser voluntária para mim é um ato de cidadania”, conta.

Para o designer Tom Sales, 35 anos, de Salvador (BA), voluntário há mais de cinco anos, o programa é uma rede de amor e empatia. “O voluntariado me ensinou a exercer minha compaixão para além das escolhas alimentares e de consumo na filosofia do veganismo. Pude trabalhar em equipe e impactar positivamente muitas pessoas a mudarem hábitos e fazerem melhores escolhas”, explica.

“O programa está aberto para todos. Não espere ser 100% vegano para começar a ajudar os animais e, caso não tenha disposição para ações diretas, certamente iremos achar um caminho para você contribuir. Após a capacitação, basta definir com a liderança do seu grupo quais são os tipos de ações disponíveis. O voluntário também pode propor ações que queira realizar em sua cidade”, esclarece Fernandes.

Para saber mais sobre o programa e fazer a inscrição, acesse mercyforanimals.org.br/junte-se-a-nos.

Matéria anteriorMulheres lideram 31% dos conselhos de empresas globais, aponta índice
Próxima matériaSolução criada por startup leva acesso a água potável a comunidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × 3 =