O projeto Coletores de Recicláveis Itinerantes “CRI CRI”, com triciclos elétricos tem capacidade para receber até 20 mil litros de material reciclável ao longo de toda a campanha

Bebidas Fruki, por meio da marca Água da Pedra, conta com as startups Trashin e Grilo na execução do projeto. As três empresas criaram a Coleta de Recicláveis Itinerante, “CRI CRI”, que são coletores fixados a cinco triciclos da Grilo e têm capacidade para receber até 20 mil litros de material reciclável ao longo de toda a campanha, com duração inicial até o aniversário da capital gaúcha, que em 26 de março comemorará 250 anos.

Essa é a primeira vez que uma ação de coleta móvel de descartes recicláveis é realizada com a participação ativa da população e em carros elétricos, veículos que que emitem muito menos CO₂ na atmosfera quando comparados aos transportes movidos a combustíveis fósseis.

Canecas Personalizadas

A ideia surgiu com o objetivo de propor novas maneiras de coletar resíduos recicláveis de forma prática e inovadora na capital gaúcha, promovendo o descarte consciente aliado à locomoção de passageiros. A iniciativa convida a sociedade a repensar a relação com o que muitos consideram “lixo”, e possui o selo oficial das celebrações do aniversário de Porto Alegre que, além de vasta programação de eventos, também apoia projetos de inovação e desenvolvimento social e econômico.

“É gratificante para a Água da Pedra participar de uma iniciativa que contribui com uma necessidade latente de ambientes urbanos. Com a parceria, ajudaremos Porto Alegre a ampliar o alcance de serviços de coleta. A ação dá luz às oportunidades de aumentar a reutilização dos resíduos a partir do seu destino adequado”, salienta Aline Eggers Bagatini, diretora-presidente da Bebidas Fruki.

Nos triciclos da Grilo, os coletores externos estão com a identificação da campanha CRI CRI e os motoristas também orientam os passageiros sobre como utilizá-los. “Para nós da Grilo, fazer parte desse projeto com a Água da Pedra e a Trashin é a prova de que empresas que têm propósito podem juntar forças, aproximando a vida da cidade e do cidadão a um ambiente mais consciente, com respeito à saúde e ao meio ambiente”, afirma o Diretor Executivo da Grilo, Carlos Novaes.

Fundada ainda em 2018, em Porto Alegre, a Trashin é uma startup de logística reversa, gestão de resíduos 360º e consultoria ambiental alinhada à agenda ESG que realiza suas operações com o uso de tecnologia e inovação. Esse tipo de ação garante que os resíduos coletados retornem à cadeia produtiva como insumo reciclado, promovendo a economia circular e o desvio de aterro.

“É com orgulho que a Trashin integra esta ação, ao lado da Água da Pedra e da Grilo, que tem aspectos inovadores não somente para nossa cidade, mas para podermos melhorar a realidade da gestão de resíduos em nosso país”, acrescenta Gustavo Finger, CMO da Trashin.

Matéria anteriorFundação criada por brasileiros, lança NFTs para conservação da Floresta Amazônica
Próxima matériaPesquisa global mostra que quase nove em cada 10 pessoas apoiam um tratado da ONU sobre poluição por plástico, mas os governos agirão?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

sete − 3 =