*Por Renata Franco de Paula Gonçalves Moreno

Já se questionou como a água está presente em nossas vidas? Esse recurso natural é essencial para tudo e todos no mundo. Sem água, não há vida! Por isso, seu uso consciente é essencial. Mais importante ainda é que a quantidade de água em nosso planeta é constante desde a sua criação, mudando apenas o seu estado entre o líquido, sólido e gasoso.

Canecas Personalizadas

E para refletir sobre sua importância, incentivar seu consumo consciente e chamar a atenção para os perigos de escassez, já que apenas 2,5% da água disponível na superfície da Terra pode ser utilizada para consumo humano, foi criado o dia mundial da água, em 1992 pela Organização das Nações Unidas (ONU).

De fato, algumas mudanças de hábito ou mesmo a preferência na compra de produtos mais sustentáveis geram uma diminuição no desperdício. Desde: procurar sempre fechar a torneira ao escovar os dentes, usar redutores de vazão nas torneiras e chuveiro, optar por vaso sanitário que utilize uma menor litragem na descarga, e litragem diferenciada para sólido e líquido.

Atualmente existem muitos selos de eficiência que são inclusive controlados pelo Inmetro. Até mesmo, a compra de uma geladeira com selo de eficiência da Procel, indiretamente, acaba por gerar um menor consumo de água à medida que se economiza em energia elétrica, vez que nossa matriz energética é consubstanciada na água.

O consumidor deve pesquisar sempre e ficar atento a selos do Inmetro e de eficiência. Alguns produtos podem ajudar, como: Bloqueadores de Ar (ainda não foi efetivamente comprovada em termos de volume em litros gastos); redutor de pressão; mecanismos como as torneiras de 1/4 de volta; sanitário com caixa acoplada e diferenciação de água para sólidos e líquidos; dentre outros.

No banho existe a possibilidade de se colocar um redutor de pressão de água. No entanto, são os bons hábitos que mais contam: desde se ensaboar e lavar o cabelo com o chuveiro desligado e só ligá-lo para se enxaguar.

As válvulas de descarga podem gastar até 50 litros em um único fluxo de água. O ideal é optar pela caixa acoplada com duplo comando. Ela gasta três litros para líquidos e seis para sólidos. Com a economia, que pode chegar a 40%, a descarga, que é mais cara, pode ser paga em pouco tempo.

Deixando a torneira aberta, gasta-se de 12 a 20 litros de água por minuto. Uma torneira pingando uma gota a cada cinco segundos representa mais de 20 litros de água desperdiçados em apenas um dia. Por isso, é sempre importante se certificar de que a torneira está bem fechada e sem vazamentos.

Na hora de cozinha, na cozinha, ao lavar frutas e verduras, evitar fazer com a torneira aberta, mas sim em um recipiente, deixando o produto de molho e por fim enxaguando-o. Essa mesma água, pode ser usada para molhar plantas, depois.

Ao lavar a roupa, procurar utilizar a máquina de lavra roupa sempre na quantidade correta e, se for, o caso, esperar juntar um pouco mais de roupa. Essa água da lavagem, pode servir de uso para lavagem de pisos, depois.

De acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas), o consumo de água diário por pessoa, para suprir suas necessidades mais básicas deveria ser de no máximo 110 litros de água. Em pesquisa realizada, isso pode variar de acordo com os costumes e disponibilidade hídrica de cada país:

  •             Americanos: 575 litros por dia;
  •             Italianos: 385 litros por dia;
  •             Japoneses: 375 litros por dia;
  •             Brasileiros: 185 litros por dia;
  •             Ingleses: 150 litros por dia;
  •             Indianos: 135 litros por dia;
  •             Chineses: 85 litros por dia;
  •             Nigerianos: 35 litros por dia;
  •             Etíopes (Etiópia): 15 litros por dia;

Um dos grandes problemas ainda é o desperdício e os vazamentos. Assim, toda ação que busque cessar com o desperdício e os vazamentos são essenciais. O reuso da água também ajuda bastante da economia e ainda que não se tenha um sistema formal de reuso, a água da máquina de lavar roupa pode ser reutilizada na lavagem de pisos e a água de chuva, pode ser utilizada na rega de jardins.

Esses são hábitos que devem ser incorporados à vida dos brasileiros não só em períodos de estiagem, mas em toda a época do ano, gerando economia financeira e ao meio ambiente. Além disso, a consciência ambiental deve sempre priorizar produtos eco-friendly e que tragam benefícios ao meio ambiente, não só para as presentes, mas também para as futuras gerações.

*Renata Franco de Paula Gonçalves Moreno – Advogada especialista em direito Ambiental e Regulatório

 

Matéria anteriorClimatech brasileira lança NFT da Amazônia e lotes esgotam em poucas horas
Próxima matériaDia Mundial da Água | Instituto Akatu aponta os caminhos para cuidar melhor desse bem essencial para todos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

1 × um =