Empresa de gestão de têxteis já higienizou mais de 11,6 milhões de unidades, evitando a geração de mais de 550 mil quilos de descartáveis

O aumento do descarte de lixo nos hospitais é um problema que se agrava no Brasil. Para se ter uma ideia, de acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), uma pessoa infectada e internada para tratamento de covid-19 gera, em média, 7,5 quilos de lixo hospitalar por dia.

Um estudo da mesma associação apontou um aumento de 30% na produção desses resíduos, em relação a 2019, parte disso devido à chegada da pandemia, com o aumento do uso de EPIs descartáveis. Segundo o estudo, 1/3 desses materiais infectantes são descartados de forma irregular no meio ambiente. Só no Hospital de Campanha do Ibirapuera, durante os seis meses de funcionamento, foi produzido cerca de 81,5 toneladas de lixo.

Canecas Personalizadas

A Elis, líder europeia na gestão de têxteis usados em hospitais, hotéis e indústrias, com ampla atuação em 20 Estados brasileiros, além de prestar um serviço essencial a estes setores, propõe diminuir o descarte de lixo, contribuindo para a sustentabilidade no setor, higieniza cerca de 290 mil toneladas de têxteis por ano no Brasil e, em 2021, processou mais de 150 mil toneladas até junho.

Aventais Reutilizáveis    

Com o objetivo de proteger os profissionais que se arriscam para salvar vidas, o braço brasileiro da Elis desenvolveu a linha de aventais reutilizáveis HeRo. Produzidos e higienizados pela multinacional, os aventais são Hidrorepelentes, ou seja, são ideais para a proteção dos profissionais de saúde na realização de diversos procedimentos em pacientes com doenças infecto contagiosas e operações que envolvem manipulação de pacientes com fluídos corpóreos.  Além disso, o produto é resistente à tração e rasgo.

A marca ainda desenvolve linha de aventais reutilizáveis e contribui para redução de lixo hospitalar que apresentou um aumento de 30% durante da pandemia.

Os produtos são confeccionados em 100% Poliéster e com tecido maleável, antialérgico e atóxico. O modelo, foi desenvolvido para facilitar a colocação da peça, resultando em mais agilidade e segurança à rotina hospitalar. Essa linha de aventais reutilizáveis, não é descartada no meio ambiente como as mais comuns usadas em boa parte dos hospitais brasileiros, possibilitando que menos lixo hospitalar seja descartado no meio ambiente.

No período de um ano após o lançamento, a Elis já higienizou mais de 11,6 milhões de unidades, evitando a geração de mais de 550 mil quilos de descartáveis. Transformando essa quantidade em metros de descartável, a economia equivale a uma distância de 14 mil quilômetros, algo semelhante a um terço da circunferência do planeta Terra.

“Nosso objetivo é facilitar a vida dos nossos clientes deixando que eles se foquem sua atenção, exclusivamente, com sua atividade-fim. Queremos que eles continuem salvando vidas, mas com segurança, e, alinhado a isso, a nossa empresa também se propõe a ser um agente de mudança, contribuindo para o meio ambiente”, destaca o CEO da Elis Brasil, Otávio Carvalho.

Matéria anteriorSoftware de inteligência ambiental ajuda empresas a abordar as metas de sustentabilidade e risco climático
Próxima matériaSão Paulo realiza campanha de adoção e enfrentamento ao abandono de animais no pós-Covid-19

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 × cinco =