Mais de 130 toneladas de restos alimentares deixaram de ir para aterros sanitários desde o começo de 2020 até setembro deste ano

A Tereos, uma das líderes mundiais na produção de açúcar e uma das maiores empresas nacionais em produção de etanol e energia a partir da biomassa, por meio de um projeto de compostagem em suas unidades industriais, eliminou restos alimentares que deixaram de ir para aterros sanitários desde o começo de 2020 até setembro deste ano.

O projeto teve início em 2020 com a instalação de composteiras nas sete unidades do grupo, localizadas no noroeste do Estado de São Paulo. Os recipientes são abastecidos diariamente com os resíduos orgânicos e cobertos com palha, grama, folhagem e/ou bagaço, que se transformam em biofertilizante que é utilizado nas áreas de viveiro e jardinagem.

Canecas Personalizadas

Ainda pensando na reutilização e destinação ambientalmente correta, a companhia também conta com uma parceria para doação e reciclagem de óleo. Todo o óleo de cozinha utilizado na preparação dos alimentos nos refeitórios das unidades é armazenado e posteriormente doado para a associação Renascer, de Olímpia (SP), onde é comercializado para fabricação de biodiesel. Desde o ano passado até o mês de setembro deste ano, 386 toneladas de óleo utilizadas pela companhia tiveram destinação correta por meio da parceria, evitando a contaminação de 9.650.000 metros cúbicos de água.

“A sustentabilidade está no centro de nossas atividades, a começar pela nossa principal matéria-prima, a cana-de-açúcar, que permite o aproveitamento máximo de seus recursos, até os processos industriais e agrícolas. Com as iniciativas de gestão de resíduos nas unidades, fortalecemos nossas iniciativas em prol do meio ambiente e da atuação responsável da companhia em todas as frentes”, comenta Renato Zanetti, Superintendente de Excelência Operacional na Tereos.

 

Matéria anteriorEspecialistas debatem alternativas para financiar a transição da economia da Amazônia para o modelo sustentável
Próxima matériaPesquisa inédita revela a visão dos brasileiros a respeito do saneamento básico no Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

9 + cinco =