Ação entre Owens Illinois e Águas Prata visa dar um destino sustentável às embalagens retornáveis de 500ml, que serão substituídas pelas de 300ml

A Owens Illinois (O-I), líder mundial na fabricação de embalagens de vidro, irá transformar 54 toneladas de garrafas da Águas Prata em novas embalagens. A envasadora de água mineral decidiu descontinuar a versão de 500ml de garrafas retornáveis, mantendo o produto no modelo de 300ml, que é o mais consumido hoje. O material que não será mais utilizado receberá o destino correto, que é a reciclagem.

Canecas Personalizadas

As garrafas de vidro da Águas Prata são produzidas exclusivamente pela O-I em shape alusivo à marca e por isso não poderiam ser aproveitadas para envase de outras bebidas. “Como principal produtora e recicladora de embalagens de vidro, acreditamos que é nosso compromisso estimular o uso sustentável de nossos produtos. Trazer de volta para o forno este volume de cacos reflete a parceria sinergética que temos com a “Águas Prata” e compromisso das duas empresas, em prol da Economia Circular” destaca Daniel Jekl, gerente de Marketing da O-I.

O vidro é um elemento 100% reciclável, que pode se transformar em novos vidros infinitas vezes. Além disso, as garrafas retornáveis chegam a ser utilizadas 30 vezes antes de serem descartadas pelo desgaste. Por essas características, este é um material sustentável para embalagens. “O respeito ao meio ambiente é fundamental nos processos da Águas Prata. Fomentar a economia circular do vidro faz parte disso e nos deixa muito orgulhosos”, comenta Rubem Cecchini, diretor executivo da Águas Prata.

Cada tonelada de vidro reciclado gera economia de 2,9% no consumo de energia durante o processo produtivo. E com 1 tonelada de caco, é possível reduzir a emissão de 0,50 tonelada de CO². Outra vantagem é que cada 50 kg de vidro reciclado reduz a ocupação de 0,04m3 em aterros para resíduos sólidos.

Matéria anteriorEmpresa de logística assina Pacto Global da ONU
Próxima matériaMaior banco de investimentos da América Latina neutraliza 100% de suas emissões de carbono diretas e indiretas pelo segundo ano consecutivo 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco × um =