A Gramado Parks inaugurou o seu mais recente empreendimento de hospitalidade no último mês de janeiro: o Exclusive Gramado by Gramado Parks. O hotel erguido com conceito contemporâneo também compartilha da preocupação com o meio ambiente, pilar fundamental das operações do grupo. Pensado e construído seguindo as premissas do Green Building, que verifica esforços sustentáveis, o projeto prevê economia de mais de 990 mil litros de água e mais de 76 mil kw/h de energia ao mês.

Sob consultoria em engenharia e sustentabilidade da Petinelli, o Exclusive Gramado dispõe de tecnologias ecologicamente adequadas como: estação de tratamento de efluentes de altíssima eficiência; controle e captação de água da chuva; chuveiros e torneiras de alta performance e com baixo consumo de água; redução no consumo de energia por meio de sensores de presença em todas as áreas condominiais internas; paisagismo com vegetação adaptada ao microclima para redução do consumo de água e preocupação com a qualidade do ar interno e sua renovação permanente.

Canecas Personalizadas

O novo hotel conta com 187 apartamentos e recebeu a certificação LEED na categoria silver, que avalia 50 pontos em atributos como redução do consumo de energia e de água, desenvolvimento do terreno, cuidados com poluição durante a obra com gestão de resíduos, utilização de materiais sustentáveis, qualidade do ar, qualidade lumínica e conforto térmico. A certificação LEED tem sido creditada a todos os empreendimentos hoteleiros do grupo Gramado Parks como premissa para seu funcionamento. Atualmente, o grupo possui três hotéis em Gramado: Wyndham Gramado Termas Resort Spa, Bella Gramado e Exclusive Gramado e outros três em construção: Gramado Buona Vitta, em Gramado, Aquan Prime Resort, em Foz do Iguaçu, e Namareh, em Caneiros, PE.

“O pilar da sustentabilidade é um dos mais importantes para nós e percebemos, cada vez mais, a preocupação de nossos hóspedes com as ações realizadas dentro de nossos espaços. Desde que fomos certificados pela Green Building, tivemos uma redução de 47% no consumo de água potável e 35% de energia em todos os empreendimentos. Nossa expectativa é atingir os 80 pontos de excelência em nossos estabelecimentos até 20xx. E vamos continuar sempre analisando como trazer mais inovações para reduzir o impacto de nossas operações ao meio ambiente”, conta Anderson Caliari, CEO da Gramado Parks.

 

Matéria anteriorPesquisa revela que 29% dos brasileiros sofrem de ecoansiedade
Próxima matériaBNDES Garagem seleciona 25 startups de impacto socioambiental

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

onze − cinco =