O Hospital é a primeira construção do país a conquistar as certificações internacionais de sustentabilidade Leed Healthcare e WELL Building

O Hospital Erastinho, primeiro centro oncológico e pediátrico do sul do país, localizado em Curitiba, foi desenvolvido com o intuito de acelerar a recuperação de crianças e adolescentes com câncer, através de um ambiente confortável e que visa o bem-estar dos pacientes. A construção foi a primeira do Brasil a conquistar as certificações internacionais Leed Healthcare e WELL Building, que atestam o compromisso com o meio ambiente e com a sustentabilidade. O hospital, que foi desenvolvido em parceria da RAC Engenharia com o grupo Saint-Gobain e suas marcas, a Placo, Brasilit, Sonex e Isover, e com consultoria da Petinelli, garante uma maior eficiência energética e ampla otimização de recursos, além de oferecer ambientes mais humanizados, levando em conta questões como conforto térmico e acústico.

Hospitais, por operarem 24 horas por dia, geram grandes impactos ambientais e econômicos. Para minimizar esse impacto, o Erastinho conta com medidas de isolamento térmico, que mantém a temperatura agradável sem necessidade de usar tanto o ar-condicionado. Estima-se que, graças a essas inovações, o edifício tenha uma redução de 25% nos gastos com energia elétrica em comparação a construções convencionais. Além disso, o centro oncopediátrico receberá nos próximos meses uma usina fotovoltaica em sua cobertura, de modo a gerar 100% da sua energia por uma fonte renovável. A usina também beneficiará as outras duas unidades operacionais do complexo de saúde – o Hospital Erasto Gaertner e o Instituto de Bioengenharia Erasto Gaertner

Canecas Personalizadas

“Sempre procuramos inovar nos nossos projetos e gerar discussão de temas atuais, gerando valor para a sociedade e, principalmente, para os nossos pacientes. O Erastinho é um exemplo internacional que muito nos orgulha”, afirma Adriano Lago, superintendente do Complexo de Saúde Erasto Gaertner.

Considerando a valorização das relações humanas de carinho e cuidados para a recuperação, próprias de um hospital oncológico infantil, os produtos da Saint-Gobain foram empregados como medida de conforto térmico e acústico. As paredes do hospital foram feitas de drywall da marca Placo, que garantem alta resistência e, em seu interior, leva a lã de vidro da Isover, responsável pelo isolamento do som e da temperatura, oferecendo mais conforto e privacidade. Também foram usados forros acústicos da Sonex, que reduzem a reverberação de ruídos, auxiliando no descanso do paciente e, consequentemente, em sua recuperação. Além disso, o prédio ainda leva a tecnologia de fachadas leves da Brasilit, que possuem uma performance termoacústica superior às construções tradicionais. Os produtos utilizados ainda tornam a obra mais sustentável e inovadora.

“A sustentabilidade é uma prioridade para a Saint-Gobain. As soluções usadas na obra geram menos entulho, reduzem os gatos com energia, são mais compactas e, por isso, seu transporte gera menos poluição”, explica Carlos Mattar, diretor comercial da Saint-Gobain Produtos para Construção. “Além desta questão, um dos principais desafios da obra era fazer um hospital humanizado, que não causasse tensão ou medo nos pacientes. Com os produtos focados em garantir conforto térmico e acústico, conseguimos tornar o local mais confortável para as crianças e suas famílias”, completa Mattar.

O Hospital Erastinho tem a capacidade anual de até 17 mil consultas, 500 cirurgias e mais de 85 mil procedimentos, sendo 80% desse volume pacientes do SUS. Em sua estrutura, ainda oferece 43 leitos de internamento privativos e semiprivativos, atendimento ambulatorial, hospital-dia, centro cirúrgico e alas de internação.

A obra ainda conquistou o certificado da GBC- Green Building Council, uma instituição independente e sem fins lucrativos, que atua em todas as fases de uma edificação com o intuito de promover a sustentabilidade, sendo referência no movimento internacional Green Building. A parceria entre a instituição e o Grupo Saint-Gobain no Brasil foi firmada em julho de 2021. Desde então, as embalagens dos produtos do Grupo são membros GBC, o que atesta o trabalho da empresa em desenvolver soluções para viabilizar a transformação da indústria da construção em direção à sustentabilidade. A Saint-Gobain busca pela diminuição dos impactos socioambientais do setor, aumento de eficiência das edificações, otimização dos custos, melhoria de conforto e segurança nos ambientes internos e promove a saúde e valoriza as relações humanas.

 

Matéria anteriorDesenvolvimento de projeto de carbono é nova aposta de empresas para atingir metas sustentáveis
Próxima matériaÍndice Global de Energia Limpa é desenvolvido para avaliar empresas globais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × quatro =