De comunidades agroextrativistas na Amazônia a entidades de saúde, Pierre Fabre age em prol de comunidades de norte a sul do país

Mesmo com a vacina sendo aplicada em diversos cantos do Brasil, a pandemia de COVID-19 está em seu momento mais crítico, com cerca de quatro mil mortes por dia no país. De olho neste triste cenário, a Pierre Fabre, empresa líder em dermocosméticos na Europa, responsável pelas marcas Eau Thermale Avène, Darrow Laboratórios, Ducray e com unidade fabril no Rio de Janeiro, realiza ações de responsabilidade social em todo o território nacional. De comunidades agroextrativistas na Amazônia a entidades de saúde, o grupo francês pretende doar mais de uma tonelada de álcool gel e sabonetes ainda no primeiro semestre.

Canecas Personalizadas

Entidades da saúde

Em maio, 22 entidades, como hospitais, Ongs e associações de pacientes em tratamento contra o câncer em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, começam a receber cerca de 160 mil unidades de álcool gel Soapelle 70%. A expectativa é beneficiar médicos, enfermeiros, pacientes e outros profissionais que trabalham na área da saúde na linha de frente do combate à doença.

Ainda, em parceria com a Associação de Medula Óssea de São Paulo, o Grupo Pierre Fabre doará itens de cuidados pessoais para pacientes em tratamento de leucemia. Cerca de 70 pessoas receberão todos os meses, até o final do ano, kits contendo álcool gel, hidratantes corporal e labial e sabonetes e shampoos neutros, que auxiliarão na higiene e nos cuidados com a pele e a autoestima.

Apoio às comunidades agroextrativistas na Amazônia

O Grupo Pierre Fabre se une ao Instituto Beraca, organização que atua no desenvolvimento socioeconômico sustentável na Amazônia, no “Projeto Unidos contra a Covid-19“, para levar ao todo uma tonelada de sabonetes e álcool gel a 576 famílias de nove territórios agroextrativistas do Pará. As entregas seguem até maio deste ano e beneficiarão municípios como Igarapé Miri, Tomé-Açú, Bragança, Santo Antônio do Tauá, Salvaterra, Breves, São Miguel do Guamá, Anajás e Porto de Moz. A expectativa é que a iniciativa contemple – aproximadamente – 2.880 pessoas de comunidades quilombolas e extrativistas paraenses, que receberão ao todo uma tonelada de produtos.

“Em 2020, testemunhamos diversas ações de responsabilidade social, mas as dificuldades e os desafios continuam em 2021. Por isso, a Pierre Fabre destaca a importância de demonstrar esse cuidado, atenção e carinho com os mais necessitados, inclusive pessoas que estão passando por um tratamento oncológico, e cabe às empresas ajudar a sociedade atravessar esse momento de maneira mais acolhedora”, afirma Philippe de Carvalho, Gerente Geral da Pierre Fabre Brasil.

 

Matéria anteriorBanco lança compromissos de sustentabilidade para 2030 
Próxima matériaIncorporadora tem os primeiros empreendimentos residenciais no Brasil com certificação Procel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

9 + 17 =