Em formato de e-book, o material reúne conceitos sobre essa prática de investimento financeiro em atividades que contribuam para a sustentabilidade e que são um caminho para promover novas estruturas econômicas e uma nova forma de consumo

Com o objetivo de fomentar a prática de finanças sustentáveis dentro das empresas, a Fundação Espaço ECO, consultoria para sustentabilidade, criada e mantida pela BASF, está lançando o Guia Prático de Finanças Sustentáveis. Em formato de e-book, o material reúne conceitos sobre essa prática de investimento financeiro em atividades que contribuam para a sustentabilidade e que são um caminho para promover novas estruturas econômicas e uma nova forma de consumo.

De acordo com Max Silva, coordenador de Sustentabilidade Aplicada na Fundação Espaço ECO, a transição para uma economia mais sustentável necessita de um conhecimento mais aprofundado, com vistas a adotar ações que considerem o monitoramento de impactos de produtos e serviços sob a ótica da performance não apenas financeira, mas social e ambiental.

Canecas Personalizadas

“O impacto à sociedade e ao meio ambiente das empresas nunca foi tão evidente e a procura por soluções e estruturação de metas mais efetivas e baseadas em ciência também está, cada vez mais, em alta. Esta realidade vem movimentando o mundo dos investimentos, principalmente com a agenda ESG. Pensamos em criar um material gratuito, que possa fornecer informação e orientação de qualidade para iniciar as empresas nesse caminho, gerando oportunidades de negócio”, comenta Max Silva.

A Fundação Espaço ECO possui expertise em definir estratégias para sustentabilidade e mensuração de indicadores de impacto e tem atuação em projetos de diversos segmentos da economia. Desenvolve também ações em parceria com associações, institutos de pesquisa e empresas, o que ajuda a conectar os mais variados elos da cadeia produtiva e facilita o apoio à estruturação de projetos de finanças sustentáveis.

A aplicação das finanças sustentáveis ajuda também o investidor a entender o relacionamento e a dependência de uma empresa em relação ao capital natural, ou seja, o quanto uma empresa pode contar com o estoque dos recursos naturais, como água, terra e os minerais, como meios de produção. Para esclarecer esta e diversas questões sobre o tema, o material será atualizado periodicamente, acompanhando as movimentações do mercado. Clique aqui para acessar o e-book .

Matéria anterior11 dicas para um ano mais sustentável
Próxima matériaParceria visa apoiar pequenas empresas e startups

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

14 − sete =