As crianças e jovens moradores da Cidade de Deus, Caju e Acari já podem se matricular em atividades artísticas gratuitas. O projeto Favela Mundo abrirá inscrições para 950 vagas nos cursos de teatro, hip-hop, musicalização infantil, violão, jazz e danças brasileiras. O foco são crianças e adolescentes de dois anos a 18 anos e o único pré-requisito é estarem estudando. As aulas seguirão todas as recomendações para a prevenção da COVID-19, incluindo uso obrigatório de máscaras, distanciamento entre alunos e distribuição de álcool em gel. O projeto já beneficiou quase 7 mil crianças e adolescentes nos últimos 11 anos.

“Estamos muito felizes em estarmos simultaneamente em três grandes comunidades da cidade em 2022. Esperamos estimular as crianças e jovens a voltarem a estudar, uma vez que a pandemia fez com que os números da evasão escolar aumentassem muito. Estamos chegando com diversas atividades no contraturno e sempre com o foco no estímulo ao estudo e no desenvolvimento das potencialidades de nossos alunos, aponta Marcello Andriotti, fundador da ONG Favela Mundo, homônima ao projeto. “Em 11 anos de atividades verificamos a melhora no desempenho escolar nas comunidades por onde passamos. Unir a educação e a cultura sempre foi nosso maior ideal e precisamos unir forças para que essa geração não tenha seu desenvolvimento comprometido, por conta da paralisação causada pela pandemia”, complementa.

Canecas Personalizadas

O projeto é patrocinado pela Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, ICTSIRIO, LAMSA, MetrôRio, com apoio do Instituto Invepar.

 

11 anos de sucesso da favela mundo

A ONG Favela Mundo tem muito o que comemorar em seus 11 anos, completados em setembro: a organização não governamental é a única no país a ser reconhecida pela ONU como “Modelo de Inclusão Social nas Grandes Cidades”. O reconhecimento ocorreu no evento World Cities Day, em Nova York. Além deste, a Favela Mundo já esteve representando o Brasil em outros nove eventos no exterior, sendo três desses na Organização das Nações Unidas.

Já beneficiou mais de 11 mil pessoas, cerca de 7 mil alunos foram de crianças a partir de 2 anos, participantes de oficinas do projeto homônimo: Favela Mundo, enquanto 4 mil foram capacitados pelo A Arte Gerando Renda, com oficinas voltadas para jovens e adultos a partir de 15 anos, com o foco em profissionalização artística para o mundo do carnaval e da estética.

 

Serviço

Favela Mundo abre 950 vagas para crianças e jovens de três comunidades.
Para se inscrever em uma das oficinas é necessário estar matriculado em uma escola.

Caju — Rua General Sampaio, 74 fundos. Na Associação A Arte Salva Vidas.

Cidade de Deus — Rua Moisés s/n. No EDI Senhora Perciliana de Alvarenga.

Acari — Avenida Professor Sá Lessa, 300 — EM Daniel Piza.

Conheça mais sobre a ONG, clique aqui ou (021) 2236-4129.

Matéria anteriorAs novas regras do capitalismo para uma gestão sustentável
Próxima matéria100 empresas mais influentes em mobilidade urbana são eleitas em levantamento exclusivo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezoito − doze =