Início Notícias Empresa de logística lança seu primeiro relatório de sustentabilidade

Empresa de logística lança seu primeiro relatório de sustentabilidade

Documento adota padrão internacional GRI e aumenta transparência das iniciativas implementadas pela companhia

Log-In Logística Intermodal lançou o relatório conforme as diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI) e, ao longo de 2020, desenvolveu um planejamento de crescimento sustentável alinhado às práticas de ESG (Environmental, Social and Governance) além de estabelecer seis temas de alta materialidade que irão nortear suas iniciativas nos próximos anos. São eles: integridade, ética e práticas anticorrupção; saúde e segurança de funcionários e terceiros; emissões atmosféricas (GEE, gases tóxicos); gestão da segurança das operações (marítimas, terminais e rodoviárias); descarte de resíduos e efluentes dos navios, bem como Governança Corporativa.

Com a nova agenda sustentável, a Log-In tem como objetivo promover impactos ainda mais positivos aos colaboradores, fornecedores, clientes, comunidade e ao meio ambiente. Para o diretor-presidente da Log-In, Marcio Arany, a companhia está preparada para os novos desafios que vêm pela frente e o lançamento do relatório é um importante passo para o crescimento da Log-In. “Nosso principal negócio oferece uma alternativa de transporte mais sustentável e contribui diretamente para a redução da emissão de gases de efeito estufa. Temos aprimorado e expandido nossas iniciativas com um olhar sempre atento ao meio ambiente, ao desenvolvimento social e à nossa governança, em uma jornada que, ao longo dos próximos anos, nos levará a um novo patamar”, avalia Arany.

Canecas Personalizadas

O relatório apresenta também as iniciativas sociais, ambientais e de governança implementadas recentemente pela empresa. Em 2020, como parte da estratégia de ESG, sob o pilar Gente, a Log-In lançou à frente de Diversidade e Inclusão, promovendo programas de responsabilidade social, desenvolvimento de talentos e qualidade de vida para todos os colaboradores. Já no aspecto ambiental, foram implementados uma série de ações para um maior controle de emissões, incluindo mapeamento de indicadores de desempenho da matriz de eficiência energética, programas para descarte de resíduos e efluentes em terminais e navios, entre outros.

Resultados do terceiro trimestre

Na última quarta-feira, dia 10/11, a Log-In apresentou os resultados financeiros e operacionais obtidos no terceiro trimestre de 2021. De julho a setembro, a companhia atingiu lucro líquido de R$ 60,3 milhões contra R$ 9,1 milhões, no mesmo período do ano passado. Somente nos nove primeiros meses do ano, o lucro líquido foi de R$ 76,5 milhões versus o prejuízo de R$ 120,3 milhões no mesmo período do ano passado. A Receita Operacional Líquida (ROL) e o Ebtida (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) também apresentaram bons resultados no terceiro trimestre, totalizando R$ 359,5 milhões (+20,4%) e R$ 102,8 milhões (+22,5%), respectivamente.

O serviço de Navegação Costeira registrou receita líquida recorde de R$ 279,1 milhões e crescimento expressivo de 51% nos volumes movimentados no Feeder, impulsionado pela captura de novas oportunidades de negócios em algumas linhas de serviços. Já o terminal portuário de Vila Velha registrou recordes desde o início de suas operações. A receita líquida foi de R$ 70,1 milhões, alta de 39,7%, e EBITDA de R$ 32,2 milhões, 47,8% superior na comparação com o mesmo período do ano anterior. Em relação a volumes, houve um crescimento no total de contêineres movimentados somando 52.835 unidades no terceiro trimestre, além de incremento nos volumes de carga geral, alcançando 282,7 mil toneladas, marca não alcançada desde 2012.

Entre as razões para o melhor desempenho dos negócios estão: melhora no mix de cargas, maiores volumes movimentados por clientes atuais e chegada de novos, incremento da receita do transporte de veículos entre Brasil e Argentina, aumento de volume movimentado em função da retomada nas operações de diversos setores, além do efeito cambial.

Matéria anteriorPor meio de parceria com a Triciclo, do Grupo Ambipar, baralhos agora podem ser reciclados
Próxima matériaSantos, no litoral de SP, será a primeira cidade do mundo a instituir a cultura oceânica na rede pública de ensino

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

doze − onze =