A têxtil Vicunha, multinacional brasileira e uma das gigantes mundiais na produção de jeans, acaba de se comprometer com o desenvolvimento do Brasil assinando o Pacto Global da ONU aderindo a dois ODS para contribuir com a Agenda 2030.

“Para a Vicunha, sustentabilidade é desejar o bem às pessoas, à comunidade e a este planeta único onde vivemos. Não existe abundância de água no mundo, por isso temos que evoluir na questão de responsabilidade dentro das organizações para deixarmos um legado para o futuro”, afirma Marcel Imaizumi, diretor de operações, supply chain e novos negócios da Vicunha.

Canecas Personalizadas

A empresa se compromete, inicialmente, com dois ODS: o de número 6, Água Potável e Saneamento, que visa assegurar a disponibilidade e a gestão sustentável da água e saneamento para todos, e o de número 12, Consumo e Produção Responsáveis, que assegura padrões de produção e de consumo sustentáveis.

Ambições para cada ods

Água Potável e Saneamento: a Vicunha se compromete, até 2030, em aumentar a eficiência do uso da água de duas formas: reduzindo o consumo de água e zerando o consumo de água de mananciais de superfície no Ceará.

Consumo e Produção Responsáveis: a têxtil também se compromete, até 2030, a aumentar a produção de tecidos sustentáveis (fibras recicladas, menor consumo de água, químicos e energia) e reduzir o envio de resíduos para aterros.

Histórico sustentável

As iniciativas sustentáveis da Vicunha são realidade na empresa antes mesmo do compromisso com o Pacto Global da ONU. Tais ações já garantiam um bom índice de sustentabilidade para o negócio: por ano, a empresa utiliza 6,8 mil toneladas de reaproveitamento interno de fibras de algodão recicladas e reutilizadas dos resíduos gerados nos processos de fiação a tecelagem, bem como a economia de mais de 83 milhões de litros de água, a economia de 11 mil Mwh de energia, a compensação de 30 mil toneladas de CO2 e o uso de até menos 95% de água e de químicos em diversos artigos.

“A sustentabilidade e a responsabilidade social fazem parte do nosso negócio desde a nossa fundação, há mais de 50 anos. Somos uma empresa que investe em tecnologias e processos pioneiros que reduzem o impacto na natureza e colaboram para o crescimento social e econômico das comunidades onde atuamos, fazendo a diferença na vida dos nossos funcionários, clientes, parceiros, fornecedores, governo e sociedade.”, complementa Imaizumi.

Da redução e utilização consciente das matérias-primas, passando por projetos sociais que atuam na capacitação de novos profissionais, são diversas iniciativas que estão presentes no dia a dia da Vicunha.

Conheça algumas dessas iniciativas:

Projeto Pegada Hídrica: em parceria com o Movimento ECOERA, precursor em integrar a sustentabilidade na indústria da moda, design e beleza no Brasil, a Vicunha utilizou métricas próprias para mapear o consumo de água no ciclo de vida de uma calça jeans no país – desde o plantio do algodão, até o consumidor final. Os resultados e descobertas do estudo foram apresentados com exclusividade a todo o mercado têxtil, a fim de promover a transparência na cadeia de moda do país.

Projeto Pescar: em parceria com a Fundação Pescar, a Vicunha proporciona o desenvolvimento técnico de jovens em vulnerabilidade social por meio do curso técnico em Manutenção de Máquinas Industriais. As aulas são gratuitas e também oferecem conteúdo voltado para aspectos humanos e sociais, proporcionando uma formação completa aos participantes.

“São projetos que agregam valores e diferenciais para nossos produtos, clientes e toda a cadeia têxtil, e são capazes de construir uma ampla rede de negócios sustentáveis para todos”, conclui Marcel.

Matéria anterior90% dos resíduos industriais gerados por metalúrgica no Brasil é reciclado
Próxima matériaAção promove arrecadação de absorventes para mulheres e adolescentes em situação de pobreza menstrual

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

1 × três =