Mais de 1.000 metros quadrados de lona foram pendurados em torno de Vigo há dois anos, enquanto o clube lutava para evitar o rebaixamento; tais banners agora foram reciclados para produzir novas sacolas que estão à venda para os fãs, trazendo a antiga iniciativa de volta à vida e abrindo um novo fluxo de receita

 

Canecas Personalizadas

Há dois anos, em 2019, o RC Celta de Vigo passava por um momento difícil dentro de campo, lutando para evitar o rebaixamento na LaLiga Santander. Antes de um jogo crucial em casa contra o Villarreal CF, milhares de torcedores uniram-se em apoio ao time por meio de uma grande campanha – que reuniu toda a cidade – chamada ‘A Nossa Reconquista’, que celebrou a batalha histórica que viu o exército francês de Napoleão ser expulso de Vigo.

Para inspirar os jogadores, mais de 1.000 metros quadrados de lona foram pendurados em Vigo e no estádio Abanca Balaídos com a mensagem ‘A Nossa Reconquista’. Desde então, ela ficou associada a uma famosa vitória do clube, que superou uma desvantagem de 2-0 para vencer a partida por 3-2, garantindo assim a sobrevivência na primeira divisão.

Dois anos depois dessa campanha, o clube galego está a evocar o espírito dessa campanha ao reciclar a antiga lona e transformá-la em sacolas recicladas – que agora estão à venda aos seus torcedores.

Uma lembrança especial e sustentável

Ao discutir esta ideia, a diretora de marketing do Celta, Maruxa Magdalena, disse: “Para coincidir com o aniversário dessa campanha, queríamos fazer algo especial para comemorar esse ponto de inflexão. Descobrimos que as telas daquela época poderiam ser usadas para criar uma série de bolsas, que representam uma lembrança especial para os fãs”.

A iniciativa combina uma ideia de marketing positiva com um compromisso mais amplo para impulsionar a sustentabilidade no clube. O objetivo é demonstrar que é possível criar materiais para uma segunda vida, principalmente banners promocionais que costumam ser criados para uso único. “É uma forma alternativa de promover o consumo sustentável e estamos fazendo isso em colaboração com a SINdesperdicio, empresa da economia circular especializada em reaproveitamento de materiais”, continuou Magdalena.

Já houve uma resposta muito positiva da base de fãs, como Magdalena revelou. “Os apoiadores valorizam o significado sentimental dessas sacolas e também os aspectos ambientais”, disse ela. “Muitos torcedores aplaudiram a ideia de dar uma segunda vida às faixas que hoje fazem parte da história do clube. Isso desempenhou um grande papel em nossa sobrevivência naquele ano”.

Outras iniciativas do clube relacionadas à sustentabilidade

Esta resposta tem incentivado o clube a desenvolver ainda mais os seus projetos ambientais, que nos últimos meses incluem a construção da cidade desportiva de Afouteza, que foi concebida com produtos sustentáveis ​​e a convivência com a natureza como prioridades centrais.

O clube e sua fundação de caridade também supervisionaram a instalação de um sistema de gestão ambiental baseado na referência internacional ISO 14000, que ajudou o clube a obter uma certificação ambiental de uma instituição credenciada em 2020 e que ajuda o RC Celta a identificar seus impactos ambientais mais significativos.

Para aumentar ainda mais seu impacto na sociedade, vários programas foram realizados pelo clube por meio de sua fundação, como a coleta de lixo no Abanca Balaídos e em outras instalações do clube. O Celta tem realizado inúmeras campanhas de marketing para promover a reciclagem, ao mesmo tempo que organizou sessões de formação para funcionários e parceiros da organização ambiental ECOEMBES. A partir de então, novos guias informativos sobre as mudanças climáticas foram elaborados para conscientizar os funcionários.

“Em geral, o futebol está se tornando cada vez mais socialmente consciente e comprometido com essas causas, algo que todos devemos apoiar”, concluiu Magdalena. “Estamos satisfeitos com esta iniciativa e com o fato de termos contribuído com nosso grão de areia no esforço de cuidar do meio ambiente”.

Matéria anteriorRePensar rótulos e embalagens: especialistas apresentam estratégias para empresas serem mais eficientes e sustentáveis diante das mudanças do mercado
Próxima matériaParceria coleta 1 bilhão de garrafas de plástico para evitar que sejam jogadas no oceano

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

20 + catorze =