O projeto promove a conscientização sobre economia de energia elétrica e o desenvolvimento de ideias sobre eficiência energética no ensino público 

Ideias sobre eficiência energética e consumo consciente de energia elétrica, desenvolvidas por alunos do ensino fundamental e suas famílias, podem ser apresentadas na Feira de Soluções de Eficiência Energética do Festival Digital Energia que Fala, voltado para alunos da rede pública de ensino das cidades de Joinville (SC), Manaus (AM), Rio Claro (SP) e São Paulo. As inscrições das ideias iniciam no dia 2 de agosto e podem ser feitas até o dia 20 de setembro no site do projeto. 

A Feira corresponde à segunda fase do projeto apresentado pela Whirlpool Corporation e realizado pela NTICS Projetos. Na primeira fase, estudantes e suas famílias participaram de capacitação sobre ferramentas de comunicação que podem ser usadas para disseminar informações sobre consumo responsável de energia elétrica. Eles assistiram a oficinas sobre produção de vídeos, podcasts e blogs, além de aprender sobre uso das redes sociais para divulgar informações. 

Canecas Personalizadas

Os melhores projetos foram contemplados com tablets. Um dos destaques foi o projeto do estudante Lailson da Silva Franco, aluno da rede pública de Manaus. Ele escreveu e encenou um roteiro em que duas vizinhas conversam sobre formas de economizar energia e conseguir baixar a conta no final do mês. Para potencializar a mensagem, o estudante também compôs uma música, em forma de rap, sobre o tema. Acesse aqui para assistir o vídeo do estudante.

Feira de Soluções de Eficiência Energética

Todos os estudantes da rede pública de ensino podem participar da iniciativa, além dos que integraram a primeira etapa. As aulas e informações sobre eficiência energética e as oficinas de ferramentas de comunicação podem ser acessadas gratuitamente no site do projeto. 

Uma banca de especialistas irá julgar as propostas apresentadas e a melhor iniciativa de cada cidade será premiada com um notebook, totalizando quatro aparelhos presenteados. Nesta etapa, podem se inscrever até sete mil estudantes das quatro cidades. O resultado da análise da banca será divulgado no dia 30 de setembro.

A proposta do evento foi elaborada para atender a metas de quatro dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), acordados pela Organização das Nações Unidas (ONU) e seus países-membros. Entre eles está o ODS 13, que propõe ações contra a mudança global do clima. Os outros são o ODS 4 (Educação de Qualidade), o ODS 7 (Energia Acessível e Limpa) e o ODS 12 (Consumo e Produção Responsáveis). 

“Nossa ideia com esse evento é incentivar crianças e adolescentes a serem multiplicadores de conteúdos e desenvolver medidas que contribuam para o uso de energia limpa e de baixo carbono, em uma tentativa de diminuirmos o impacto do nosso consumo para o bem de todo planeta”, explica a especialista em inovação e sustentabilidade da NTICS Projetos, Ana Carolina Xavier.

Como premissa, a Whirlpool leva a sustentabilidade no centro de sua estratégia corporativa e o apoio ao projeto, por meio de leis de incentivo, está intimamente relacionado com as práticas de ESG da Companhia. “Estamos presentes na maioria dos lares brasileiros, por meio de nossas marcas e produtos, e como parte do nosso compromisso com o meio ambiente acreditamos na educação como ferramenta de conscientização sobre o consumo responsável e racional de energia. Hoje, temos um compromisso ainda maior e pretendemos zerar nossas emissões de gases poluentes até 2030, reforçando ainda mais a importância de projetos como o Energia que Fala”, afirma Eduardo Vasconcelos, diretor de relações institucionais da Whirlpool. 

Serviço

O que: Inscrições de projetos sobre eficiência energética na 2ª etapa do Festival Energia que Fala.

Para quem: estudantes da rede pública de ensino de Joinville (SC), Manaus (AM), Rio Claro (SP) e São Paulo (SP).

Período de inscrição de projetos: 1º de agosto a 20 de setembro.

Quanto: gratuito

Inscrições: https://ntics.com.br/energiaquefala/ 

Matéria anteriorEntregas com o uso de drones são testadas por marcas de cosméticos
Próxima matériaParceria vai alavancar financiamento de projetos que promovem o desenvolvimento sustentável

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

5 × 3 =