Iniciativa visa proteger e conservar recursos hídricos por meio da educação ambiental e de tecnologias ambientais

Em abril, o projeto Gente Cuidando das Águas’, da Nexa encerrou o ciclo de atividades previstas para o ano de 2020 em Morro Agudo. Após uma readequação no calendário do projeto, devido a pandemia, a iniciativa contou com a participação direta de nove proprietários rurais, que participaram de ações voltadas a educação ambiental e ações práticas de aprimoramento das suas atividades.

Canecas Personalizadas

Com o objetivo de ampliar o conhecimento das bacias hidrográficas da região e apoiar as comunidades rurais, o projeto Gente Cuidando das Águas ao longo do ciclo de 2020, realizou 34 atividades de educação ambiental para disseminar e ampliar informações sobre legislação ambiental, bacias hidrográficas, tecnologias ambientais de retenção e tratamento de água e informações sobre a localidade. Como complemento destas atividades foram distribuídas cartilhas educativas sobre preservação e cuidado a água e o livro “O Carste” que traz mais informações para os participantes deste ambiente.

Além dos processos de orientação e educação ambiental para os participantes, o projeto realizou a implementação de técnicas ambientais a fim de melhorar a retenção de água de chuva, com métodos de bolsões e curva de nível nas propriedades. Além disso, foi feito o cercamento da área de preservação permanente do córrego do Batuque das nove propriedades rurais atendidas e que ficam no entorno da unidade.

Ao todo, foram construídos 10 km de cercas a fim de conter a circulação de animas que podem pisotear a área e acarretar a compactação do solo, comprometendo o fluxo normal das águas.

“O Gente Cuidando das Águas vem ao encontro do Plano de Desenvolvimento Local construído junto da própria comunidade em 2018, no qual eles trazem a preocupação com a disponibilidade da água. Por meio da ampliação de conhecimento e de técnicas ambientais, conseguimos iniciar um processo que vai gerar impactos positivos para as famílias que moram ali e para o meio ambiente”, comenta Marina Noronha, coordenadora de gestão social da unidade.

Para Cecília de Oliveira, produtora rural que faz parte do projeto, destaca algumas das melhorias que o projeto proporcionou para eles, sendo o cercamento da área do Batuque onde reserva parte de sua propriedade para proteção ambiental, as curvas de nível para evitar erosão na propriedade e carreamento de material para o córrego. “Estamos muito felizes em participar do projeto e desta parceria produtor e Nexa e estamos ansiosos por novos projetos”, comenta.

Já Antônio Tavares de Souza, outro participante do projeto, destaca como a iniciativa tem ajudado na sua rotina. “Participar do projeto tem contribuído com todas as despesas de mão de obra. Além disso, gostaria de agradecer toda a equipe do projeto na implantação e execução de cada nova tecnologia e ação realizada na minha propriedade”, finaliza.

Matéria anteriorAbril registra recorde de desmatamento, com 58 mil hectares destruídos
Próxima matériaEmpresa define ambição de alcançar neutralidade de carbono até 2050

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

11 + treze =