Projeto está em funcionamento na unidade de Macaé (RJ) e foi criado por quatro colaboradores brasileiros

Criado por quatro colaboradores brasileiros, a Continental adotou um processo de reciclagem para diminuir o desperdício de resíduos e reciclar 50 toneladas de polietileno (plástico com diversas aplicações na indústria) por ano.

Alinhada com as diretrizes do Acordo de Paris, tratado ambiental chancelado pela Organização das Nações Unidas (ONU), a Continental pretende reduzir em 20% o consumo de energia das suas instalações pelo mundo, gerando uma economia de, pelo menos, 1TWh até 2030. Atualmente, a companhia já consome 17% menos energia do que a média das demais indústrias por tonelada métrica – unidade de medida equivalente a 1000 kg – de pneus produzidos.

Canecas Personalizadas

O projeto traz vários outros benefícios, como ausência da necessidade de locais de armazenamento do produto, já que a reciclagem possibilita um reuso instantâneo; economia de gastos para a eliminação dos resíduos e também contribui pra reduzir o preço final dos produtos manufaturados com o material. Como pode ser produzido a partir do álcool etílico, o polietileno recebe o nome de “plástico verde” e é quimicamente o polímero mais simples. Devido à sua alta produção mundial, é também o mais barato, sendo um dos tipos de plástico mais comuns.

“É extremamente gratificante anunciar mais um projeto que beneficia o meio ambiente. Não economizamos recursos para provar que a indústria pode ser protagonista nas medidas de combate às mudanças climáticas por meio das ideias inovadoras dos nossos colaboradores”, afirma Arnd Simonetti, diretor de Compras para a América do Sul e Coordenador de Sustentabilidade da Continental no Brasil.

Além dos projetos em andamento, a Continental incentiva continuamente os colaboradores a participarem deste processo através de treinamentos e workshops, além da difusão da cultura da sustentabilidade em todos os setores da empresa.

 

Matéria anteriorEmpresa de telefonia é destaque na 8ª edição do ranking de sustentabilidade ALAS20
Próxima matériaPrograma Parcerias Sustentáveis está com edital aberto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezenove + 17 =