São mais de 1600 voluntários de várias especialidades levando o cuidado necessário a grupos desamparados em seis estados do Brasil

A ONG Médicos do Mundo (https://benfeitoria.com/medicosdomundo), voltada para o atendimento médico de pessoas em situação de rua desde 2015, foi contemplada pelo fundo Todo Cuidado Conta. Trata-se de uma campanha de matchfunding, de financiamento coletivo. A campanha online teve início em 9 de agosto e vai até 28 de setembro.

A captação funciona da seguinte maneira: a cada quantia arrecadada, o fundo dobra o valor (por isso matchfunding). Por exemplo, se a doação é de R$ 10,00, o Todo Cuidado Conta investe mais R$ 10,00. Desta maneira, a ONG poderá efetivar a compra de mais insumos médicos, que é seu principal objetivo.

Canecas Personalizadas

É tudo ou nada, ou seja, para conseguirmos receber o dinheiro arrecadado precisamos atingir 100% ou mais que a meta estipulada na campanha. Por isso, cada real conta para que as ações continuem ativas, levando cuidado, atenção, orientação, atendimento e carinho às pessoas necessitadas”, afirma Edmara Martins, vice-presidente do projeto.

São atendidos pelo projeto crianças, adolescentes, idosos, mulheres e/ou mães, famílias em vulnerabilidade social, população em situação de rua, Indígenas, LGBTQIA+. Além disso, presta serviços de bem-estar e beleza que estimulam a autoestima dessas pessoas que se sentem desprezadas e muitas vezes invisíveis aos olhos da sociedade.

O número de pessoas em situação de rua deu um salto de 140% desde 2012. Agora, segundo o IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), são mais de 222 mil brasileiros sem abrigo em todo o país. A pandemia do coronavírus intensificou uma condição que já era alarmante em todo o país e deixou ainda mais vulnerável quem já vivia em fragilidade.

Na tentativa de garantir que o cenário não se agravasse aos grupos de moradores em situação de rua, a ONG Médicos do Mundo reforçou os atendimentos, diminuindo seu grupo de atuação e reforçando as medidas e equipamentos de segurança necessários.

Para conseguir manter os atendimentos médicos, que englobam consultas, testes rápidos para ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis), curativos, além de tratamento imediato com medicamentos, a organização buscou novas formas de arrecadação de fundos para compra de insumos necessários para tornar as consultas seguras e eficientes.

“As pessoas em situação de rua ficaram ainda mais expostas durante a quarentena e o nosso trabalho foi ainda mais importante. A ONG não poderia parar nesse tempo e tivemos que modificar o nosso formato de atendimento, diminuindo os voluntários e aumentando os EPIs”, completa Edmara Martins.

Como ajudar?

Acesse o link https://benfeitoria.com/medicosdomundo para fazer sua doação no fundo Todo Cuidado Conta e contribuir com a campanha. Para quem deseja se voluntariar, acesse o site médicosdomundo.org.br e se inscreva.

 

Matéria anteriorAndar de bike elétrica economiza tempo, faz bem para saúde e ajuda o meio ambiente
Próxima matériaEmpresa de implementos alcança aterro zero em suas unidades fabris

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

9 − quatro =