IPESA é um dos parceiros do programa, promovido pela ONG Canadense Waterlution, que visa fomentar projetos e ações para solucionar problemas relacionados à água e ao saneamento no Brasil

 

Canecas Personalizadas

Estão abertas até o dia 27 de junho, as inscrições para a 5ª edição brasileira do WIL Brasil – Water Innovation Lab Brasil. Além de atividades com foco na transferência de conhecimento, o programa desafia os participantes à inovação colaborativa. O programa, dividido em três fases, apresenta ferramentas que enfatizam uma cultura de cuidado, por meio de projetos e ações para solucionar problemas relacionados à água e ao saneamento no Brasil.

Os interessados em participar desta fase do programa, que visa o desenvolvimento de habilidades de liderança, devem ter entre 18 e 35 anos e se inscrever no endereço https://waterlution.org/brasil/. Os 40 selecionados pelo time do WIL Brasil formarão um grupo diverso e multidisciplinar que pensará, coletivamente, novos caminhos para o setor das águas no Brasil.

Eles terão mentoria especializada em uma jornada de conhecimento e de conexão com os desafios dos 5 territórios brasileiros selecionados para essa edição: Maceió (Alagoas), Salvador (Bahia), Foz do Rio Doce (Espírito Santo), Morro do Preventório (Rio de Janeiro) e Tekoa Guyra Pepo – Aldeia Guarani (São Paulo). O WIL Brasil 2021 vai focar nestes cinco territórios, enfatizando suas potencialidades e trabalhando a partir dos desafios reais apresentados por eles: acesso à água; qualidade das águas; gestão de recursos hídricos; saneamento urbano, rural e ecológico; descontaminação de corpos hídricos; gestão integrada e alternativas para a gestão das águas.

Estamos em tempos que exigem muita adaptabilidade, criatividade e ação coletiva. Fico muito inspirada pelos jovens líderes de água que já passaram pelo WIL aqui no Brasil, todos mostram essas habilidades e compromisso. É a nossa prioridade capacitar mais jovens em 2021 e somá-los à rede dos ‘WILers’ para fortalecer o potencial de colaboração entre eles e avançarmos, juntos, em soluções para desafios da água do país.” Dawn Fleming, líder de inovação na Waterlution.

Os Water Innovation Labs – WILs – já impactaram mais de 1350 jovens participantes de 18 a 35 anos, em cinco continentes, nove países, em 18 edições, desde 2010. Desde 2017, as edições completas do WIL Brasil contaram com 346 participantes, 165 Mentores, 65 Projetos de inovação, 896 inscritos nos webinars, 39 Parceiros, R﹩60 mil de recurso semente e 3,5 meses de pré-aceleração para três projetos.

Em 2021 o trabalho terá as seguintes parcerias: Cooperação da UNESCO Brasil, apoios da BRK Ambiental e Purificadores Europa (apoiadores desde a primeira edição do WIL Brasil em 2017), o CESAR (parceiro de inovação desde 2019), o IPESA – Instituto de Projetos e Pesquisas Socioambientais (parceria técnica desde 2017), além de organizações e grupos locais dos cinco territórios e da rede WIL: A Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência – SECIS, Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia – SEMIT , Painel Salvador de Mudança do Clima de (Salvador), IPESA e Banco Comunitário do Preventório (Morro do Preventório em Niterói), ASR – Associação de Surf de Regência e Movimento Regenera Rio Doce (Foz do Rio Doce).

Matéria anteriorLíder em transformação digital anuncia frota de carros totalmente elétrica até 2024
Próxima matériaShopping transforma sobras da praça de alimentação em adubo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco × 3 =