TAG2U cria alternativa econômica e baseada na circularidade

A demanda dos empreendedores com a volta presencial das atividades econômicas combinada com a crise provocada pela pandemia fez com que a empresa TAG2U formulasse o Escritório Sustentável, uma ação que utiliza móveis e objetos usados para mobiliar espaços de trabalho e coworking de forma sustentável.

Identificando que os empresários que estão iniciando a sua jornada dentro do empreendedorismo nem sempre possuem recursos financeiros suficientes para gastar com móveis novos e reforma do espaço, a startup paulistana viu uma oportunidade de oferecer a este público móveis de qualidade com preços acessíveis, acrescidos da reforma do espaço.

Canecas Personalizadas

No entanto, a ideia teve origem em um outro contexto. A GTFoods, empresa presente em mais de 100 países e tradicional no segmento de alimentos aqui no Brasil, realizou a parceria com a TAG2U, o que funcionou como uma espécie de episódio piloto na organização do projeto Escritório Sustentável, para que fosse testada sua aplicabilidade e escalabilidade.

Os resultados

Praticamente todos os espaços de uma das unidades da GTFoods foram mobiliados com itens TAG2U:  copa, recepção, televendas e salas de reunião. Toda a reforma foi executada pela TAG Obras, com a realização de toda a pintura, acerto de esquadrias, revestimento, drywall, infraestrutura geral e elétrica. Para concretizar a ação foram utilizados em torno de 60 peças: eletrodomésticos, itens de escritório e decoração, além da reforma propriamente dita.

Aprovada pela parceira, agora a TAG2U pretende expandir a metodologia do Escritório Sustentável para outros clientes da empresa. A meta é oferecer uma solução completa para que os interessados iniciem suas jornadas empreendedoras de forma econômica e pautada no consumo consciente.

Um dos benefícios do projeto é deixar o espaço reformado com a cara do cliente, possibilitando que suas necessidades cotidianas sejam atendidas, tais como fazer reuniões, receber clientes e realizar as tarefas do dia a dia.

Vale a pena arriscar esse novo conceito de reforma de espaços empresariais?

Além de trazer economia e personalização, a ação incentiva a circularidade de produtos, recolocando-os na comunidade e evitando seu mais provável destino, que seria o descarte. Desta forma, incentiva-se não só uma nova maneira de decorar o escritório como também uma mudança no hábito de consumo do brasileiro.

A experiência da parceria deixou a certeza de que não só pequenos empreendedores estão buscando por este serviço. Grandes empresas enxergam na iniciativa a oportunidade de mobiliarem e reformarem seus escritórios de maneira mais inteligente, além de incentivar a bandeira da Decoração Sustentável.

 

Matéria anteriorBrasil recebe o Global Social Business Summit
Próxima matériaGreentech América Latina seleciona projetos sustentáveis da América Latina

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 + 16 =