Formatura da primeira turma do projeto em parceria com o hub de inovação acontece em dezembro

A Johnson & Johnson Medical Devices veio por meio de uma parceria com o hub de inovação Distrito para criar um projeto que gera oportunidades para jovens em situação de vulnerabilidade. Juntas, as empresas desenvolveram um programa de capacitação profissional em programação de sistemas, que tem o objetivo de tornar esses jovens protagonistas dessa transformação digital na saúde e, assim, terem a chance de mudar as suas vidas.

Diante do cenário de pandemia em que vivemos há mais de um ano, os avanços tecnológicos acelerados impactaram diversos setores e foram ainda mais relevantes no setor da saúde. De um lado, vemos posições de tecnologia não serem preenchidas por falta de profissionais – em 2020, foram mapeadas mais de 8 mil vagas em Tecnologia da Informação abertas no Brasil – e do outro, o aumento da desigualdade social no país. Como é possível incluir pessoas que estão à margem da sociedade para se beneficiarem desse avanço de maneira significativa, ao mesmo tempo em que resolvem um gargalo do setor de tecnologia?

Canecas Personalizadas

O projeto 1000 Devs almeja capacitar até 1000 jovens como desenvolvedores de sistemas em um curto espaço de tempo. A primeira turma, iniciada em julho de 2021, conta com 80 alunos da periferia de 20 estados do País e receberá seu diploma neste mês de dezembro. Além da capacitação de cinco meses conduzida pela mesttra, startup de educação parceira do programa, os jovens participantes terão sua primeira experiência profissional nas startups Kidopi, Sami, Robô Laura, Medway, 3778, Eyecare Health e no Distrito. Essas empresas madrinhas e a Johnson & Johnson Medical Devices disponibilizaram computadores para aqueles jovens que não possuem o equipamento, assim todos podem acompanhar o conteúdo de estudo, que será passado à distância.

Além do curso técnico, a J&J Medical Devices está investindo no desenvolvimento de soft skills desses jovens, por meio de um programa de mentoria com os principais executivos da empresa. O programa de mentoria IDVANCE será realizado ao longo dos próximos meses com quatro agendas já definidas: Protagonismo, Seus Aliados, Propósito e Direcionamento de Jornada e Conversas de Carreira.

Ao oferecer uma capacitação conectada com o futuro do setor da saúde, e que facilitará a inclusão de jovens talentos no mercado de tecnologia, o programa 1000 DEVs ajuda a transformar de forma sustentável a história de vida não só desses jovens, mas de suas famílias e das localidades em que residem.

O projeto continuará ao longo de 2021 e empresas que tiveram interesse em participar como madrinhas, sendo da área da saúde ou não, podem se inscrever por esse link .

Matéria anteriorPrograma de trainee para pessoas negras da MRV&CO está com inscrição aberta até o dia 12/12
Próxima matériaLive sobre Sustentabilidade encerra evento promovido por rede de drogarias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × 2 =