Hoje comemora-se o Dia Mundial da Reciclagem. A data foi criada pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) para incentivar a reflexão sobre a importância de descartar e reciclar corretamente os itens que consumimos, inclusive eletroeletrônicos e pilhas. Anualmente, no Brasil, mais de 2 milhões de toneladas desse tipo de resíduo acabam incorretamente na natureza e a única maneira de evitar mais prejuízos é dando a destinação adequada aos equipamentos que já estão fora de uso.

Por isso, a Green Eletron, maior gestora sem fins lucrativos de logística reversa de eletroeletrônicos do Brasil, divulga o E-book Eletrônico Não é Lixo (veja aqui), criado junto com um movimento homônimo, com o objetivo de conscientizar a população e elevar as taxas de reciclagem destes materiais. O conteúdo destaca informações importantes sobre o que é, de fato, lixo eletrônico, como descartá-lo corretamente e quais as vantagens e cuidados no manejo, além de indicar os locais que podem recolhê-los, chamados de PEVs (Pontos de Entrega Voluntária).

Canecas Personalizadas

Presente em todo o país com mais de 7 mil coletores de pilhas, baterias e eletroeletrônicos, a gestora já recolheu, em cinco anos de atuação, mais de 2,3 mil toneladas desse tipo de resíduo, que foram enviadas para reciclagem, evitando prejuízos ao meio ambiente. Caso precise descartar pilhas usadas, verifique aqui o PEV mais próximo de você. Já aqui, você pode encontrar o ponto mais próximo para entregar eletroeletrônicos.

 

 

Matéria anteriorDia Internacional da Reciclagem: Instituto Akatu dá dicas de como a população pode mudar seus hábitos de consumo para reciclar mais
Próxima matériaEmpresa reduz 2 mil toneladas de plástico em suas garrafas de bebidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezoito + treze =