Veolia e eureciclo firmam parceria cujo objetivo é explorar e implementar soluções para os desafios da economia circular. Uma equipe de especialistas da Veolia e eureciclo trabalhará no desenvolvimento de soluções inovadoras em várias frentes, começando por ações dentro dos mesmos Centros de Gerenciamento de Resíduos (CGRs) da Veolia no Brasil, nos estados de São Paulo e Santa Catarina, onde se tem um potencial estimado para recuperar mais de 180 mil toneladas de resíduos recicláveis por ano.

O primeiro projeto a ser implementado tem o objetivo de recuperar 65.000 toneladas por ano. Desse total, mais de 8.000 toneladas serão referentes aos resíduos plásticos (PET, PEAD, PP) e aproximadamente 50.000 toneladas em Combustível Derivado de Resíduos (CDR) para as cementeiras. Esse piloto será implantado e testado para depois ser replicado nos outros Centros de Gerenciamento de Resíduos da Veolia.

Canecas Personalizadas

“Estamos comprometidos com a implantação de soluções pioneiras que consigam incrementar a recuperação e valorização dos resíduos, tanto pós-industriais, com nossos clientes industriais, como pós-consumo, com a sociedade. Por isso estamos transformando os nossos CGRs em Parques Tecnológicos Ambientais, para gerar valor ambiental, financeiro e social”, diz Pedro Pradanos, CEO da Veolia Brasil. “A parceria com eureciclo vai trazer um grande ganho na recuperação de resíduos recicláveis, visando potencializar e enriquecer as nossas soluções e ter um escopo em maior escala.”

“O Brasil enfrenta muitos desafios na reciclagem, que passam por falhas educacionais, e infraestrutura insuficiente, entre outros”, diz Thiago Carvalho, CEO e cofundador da eureciclo, que é, hoje, a maior certificadora de economia circular para embalagens do Brasil com mais de 5 mil clientes e aproximadamente 322k toneladas de resíduos recicláveis recuperadas e compensadas com a indústria.

Impulsando a economia circular

O objetivo de cada solução a ser desenvolvida e implementada pela parceria será a geração de valor real aos diferentes stakeholders e impulsionar a transformação ecológica e a economia circular no Brasil:

  • Apoiar a consecução dos indicadores e desafios ESG que as indústrias e companhias precisam atingir.
  • Encaminhar investimentos de alto impacto na sustentabilidade dos municípios brasileiros com base na gestão dos resíduos sólidos urbanos.
  • Desenvolver e potencializar as cadeias de reciclagem, com modelos efetivos e inclusivos de economia circular, geração de empregos e renda para os territórios.

Esta iniciativa se soma a outras que a Veolia já implementou, como a captação e valorização energética do biogás, gerando energia elétrica sustentável para alimentar uma população de aproximadamente 42 mil habitantes, o desenvolvimento de projetos de compostagem, coprocessamento, assim como a análise e desenvolvimento de algumas operações de geração de energia via resíduo urbano sobre o conceito de Waste to Energy.

Matéria anteriorEmpresa brasileira de logística participa de movimento pela descarbonização do setor marítimo ao lado de players mundiais
Próxima matériaCom tecnologia para tratamento água, fabricante de alimentos e bebidas economiza 12 milhões de litros/mês, em Itu

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 × 3 =