Home Notícias Campanha Mundial Stop Food Waste Day arrecada mais de 16 toneladas de...

Campanha Mundial Stop Food Waste Day arrecada mais de 16 toneladas de alimentos 

123
0

Em sua terceira edição, o movimento promoveu uma série de ações para conscientizar o público contra o desperdício de alimentos e contou com a participação do ator Marcos Palmeira

Em abril, a terceira edição brasileira do movimento Stop Food Waste Day, ação do grupo GRSA|Compass – responsável por servir mais de um milhão de refeições por dia no paísmobilizou celebridades, público em geral e empresas para a importância de um consumo alimentar consciente. O Movimento conseguiu arrecadar mais de 16 toneladas de alimentos para serem distribuídos entre as ONGs Amor Horizontal e Banco de Alimentos. A iniciativa também promoveu ações nas redes sociais e realizou no último dia 28/4, quarta-feira, o dia “D” da campanha com a transmissão da live “Festival Consumo Consciente: semeando bons hábitos”.

Para o presidente da GRSA|Compass, Fernando Calamita, o movimento é importante por ampliar a conscientização da luta contra o desperdício. “É preciso entender a quantidade de pessoas que passam fome no mundo, mais de 700 milhões, em comparação com o número de alimentos que são produzidos e não aproveitados, 1/3 da produção”, ressalta Calamita.

No Brasil, a organização do SFWD promoveu o projeto “Juntos contra o Desperdício”. Por meio da iniciativa, uma série de atividades foram destinadas a todos os stakeholders e público em geral. Nas redes sociais, os seguidores participaram de desafios para realizarem postagens acompanhadas das hashtags do movimento. Assim, a ação estimulou a divulgação de centenas de imagens de despensas organizadas, pratos sem desperdício de comida, após as refeições, e fotos de textos com cardápios semanais.

O movimento SFWD é uma iniciativa do grupo GRSA|Compass e foi criado em 2017 nos Estados Unidos. O objetivo principal é educar e promover mudança de comportamento em relação à epidemia de desperdício de alimentos que assola o planeta. A iniciativa aconteceu simultaneamente em 30 países como Estados Unidos, Inglaterra, Canadá, França, Alemanha, Espanha, Turquia, Japão e Austrália. No Brasil, o SFWD está na terceira edição (em 2020 não foi realizado devido ao início da pandemia do coronavírus) e possui o apoio de mais 12 empresas no país. Segundo dados da ONU, o Brasil é o décimo país que mais desperdiça alimentos no mundo.

Arrecadação de Alimentos

Um dos pontos importantes do projeto foi a arrecadação de alimentos para as ONGs Amor Horizontal e Banco de Alimentos. Cerca de 16 toneladas foram doadas pelos Fornecedores e Centros de distribuição da GRSA, importantes parceiros do movimento.

Para a presidente da ONG Banco de Alimentos, Luciana Chinaglia, a ação é muito importante devido ao cenário de crise do coronavírus. “Antes da pandemia, havia 57 milhões de pessoas vivendo em insegurança alimentar no país; hoje são 116 milhões de pessoas, sendo que 19 milhões passam fome. Essas pessoas vivem de doações e as doações caíram muito”, ressalta Luciana. Opinião compartilhada pela presidente da ONG Amor Horizontal, Carol Celico, que destaca a relevância de ações como essa para reduzir o impacto da fome no Brasil. “Eu me sinto privilegiada em poder fazer essa parceria e entregar toneladas de alimentos. A fome não espera. É preciso da ajuda de grandes empresas para impulsionar a cultura de doação no Brasil”, ressalta a gestora.

Festival Consumo Consciente: Semeando Bons Hábitos

O Festival Consumo Consciente: Semeando Bons Hábitos foi realizado pela primeira vez de forma virtual devido à pandemia do coronavírus. Em 2020, a edição do festival foi suspensa em razão do início da crise sanitária mundial. Para a coordenadora de comunicação da GRSA, Sara Dalsin, o evento online ressaltou o grande interesse das pessoas pelo tema. “Em 2019, tivemos um grande sucesso de público presencial e agora, em 2021, também conseguimos reunir centenas de espectadores”, diz Sara. O evento contou com participação do ator e ambientalista Marcos Palmeira no painel ‘Semeando Bons Hábitos: empresas sustentáveis – o que você quer levar para dentro da sua casa para sua família”. Debates sobre temas como consumo consciente, economia circular e sugestões de ações para o combate ao desperdício de alimentos integraram a programação.

Os momentos de maior engajamento foram as oficinas com dicas de preparo e condicionamento dos alimentos. A chef e nutricionista Carina Muller realizou a primeira apresentação do tema. A especialista ensinou a comprar alimentos de maneira correta e eficiente para mantê-los em despensas e geladeiras. O chef Renato Caleffi ministrou uma aula sobre a otimização do aproveitamento dos alimentos. O tema “Como fazer receitas criativas sem desperdiçar nenhum alimento” foi o foco da chef, criadora do N.O.S Escola, Anna Elisa. Já as irmãs herboristas proprietárias da empresa Sabor da Fazenda, Sabrina e Silvia Jeha, explicaram como é possível fazer uma horta em casa.

Os grupos Sax in the Beats, Kick Bucket e a orquestra de Paraisópolis realizaram apresentações durante a live. Outra atração do evento online foram as entrevistas com a chef Mônica Faria e com o maestro da Orquestra de Paraisópolis, Paulo Rydlewski.

O evento contou com o apoio das empresas IFCO, Mãe Terra Unilever, Pink Farm, Mr. Veggy, Espaço Quitandeiras, Awaí Superfoods, Greenpeople e B.Live.

A live segue disponível no canal do festival no YouTube.

Ebook

Está disponível para download, desde o início de abril, o e-book de receitas do Stop Food Waste Day. Até o momento quase 400 pessoas baixaram o livro de receitas pelo site  http://www.stopfoodwasteday.com.br . O material reúne dicas de como fazer pratos com foco no aproveitamento total de alimentos comuns na mesa do brasileiro, como a banana, abóbora e a couve-flor.

Previous articleFaculdade e Consultoria firmam parceria para promover desenvolvimento local em Sorocaba
Next articleAbril registra recorde de desmatamento, com 58 mil hectares destruídos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

cinco × 4 =