A proposta é reduzir a quantidade de resíduos sólidos dispostos em aterros e lixões irregulares, além de aumentar a reciclagem

 

Canecas Personalizadas

No Brasil, 90% do lixo é coletado, mas apenas 3% do resíduo reciclável é reciclado, segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Ou seja, há um longo caminho a ser percorrido até que o País se torne mais sustentável.

Pensando nisso e ciente de sua responsabilidade social, o Sindicato da Indústria de Doces e Conservas Alimentícias no Estado de São Paulo (Sidocal) apoia ações com a proposta de reduzir a quantidade de resíduos sólidos dispostos em aterros e lixões irregulares, fomentando ações nesse sentido. Bem como, iniciativas como a do projeto “Eureciclo”, que oferece solução de logística reversa de embalagens como forma de ajudar a estruturar a reciclagem no Brasil, promove a educação e conscientização ambiental para o público em geral.

A solução Eureciclo é um modelo de compensação ambiental aplicado à logística reversa que visa atender a realidade social e econômica única do Brasil. Ao contratar um plano da Eureciclo, a empresa informa a quantidade e o tipo de embalagens geradas no ano anterior, além da região onde elas foram comercializadas. O valor do plano depende da quantidade de embalagens gerada.

Para cumprir as metas de logística reversa de embalagens pós-consumo definidas nacionalmente, as empresas devem adquirir uma quantidade de Certificados de Reciclagem que seja equivalente a pelo menos 22% da massa total de embalagens colocadas no mercado. “Essas metas são progressivas e buscam direcionar as empresas a adequarem seus processos a fim de serem alcançadas taxas de reciclagem cada vez mais altas no país. Ainda assim, os altos custos de logística e reciclagem dificultam o desenvolvimento da cadeia de reciclagem e a implementação da logística reversa nas empresas”, explica o desenvolvedor de negócios da Eureciclo, João Simons Barbosa.

Matéria anteriorSOS Mata Atlântica recebe doação para projetos climáticos 
Próxima matériaPrograma de aprendizes beneficia jovens socialmente vulneráveis

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três + 13 =