Embalagens biodegradáveis

A criação do grupo empresarial demonstra o desejo, a liderança e a vontade de tomar medidas eficazes na luta contra a mudança climática

A Tetra Pak, referência global no processamento de alimentos e soluções de embalagem, foi reconhecida como uma das 50 Líderes Mundiais em Sustentabilidade e Clima. A iniciativa, coordenada pela Organização das Nações Unidas (ONU), reúne empresas e entidades que se destacaram com soluções globais na área ambiental. As 50 empresas internacionais de diferentes setores que participam da campanha têm como meta assumir um papel de liderança no combate às mudanças climáticas e, assim, contribuir para o alcance dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS).

“Nossa empresa foi fundada com base na filosofia de que uma embalagem deve economizar mais do que custa. A sustentabilidade sempre esteve no centro de tudo o que fazemos e é um elemento fundamental de nossa estratégia para 2030, por isso estamos orgulhosos de receber o reconhecimento da indústria por nosso trabalho até o momento”, afirma Adolfo Orive, presidente e CEO da Tetra Pak.

Canecas Personalizadas

O alimento é um elemento crítico, mas muitas vezes negligenciado, na questão climática. O sistema alimentar global é responsável por 26% das emissões de gases de efeito estufa (GEE), enquanto 8% do total das emissões é causado pelo desperdício de alimentos. Em outras palavras, se o desperdício alimentar fosse um país, ele seria o terceiro maior produtor mundial de emissões. Além disso, a pandemia COVID-19 expôs as fraquezas do sistema alimentar mundial, que só será ampliado pelo crescimento esperado da população mundial para 9,1 bilhões até 2050.

A embalagem de alimentos desempenha um papel fundamental na alimentação do mundo, mas deve fazê-lo de forma sustentável, para que a disponibilidade de alimentos não seja feita à custa do planeta. Para minimizar o impacto climático, a Tetra Pak tem uma visão completa do ciclo de vida de suas soluções. Isto significa:

  • Ampliar o uso de materiais renováveis, e obtê-los de forma responsável, de modo a proteger a biodiversidade;
  • Minimizar o impacto de carbono de suas operações, acelerar a mudança para energia renovável e intensificar os investimentos para desenvolver soluções de processamento e embalagem de baixo carbono;
  • Permitir maior acesso a alimentos seguros, reduzindo o desperdício: a tecnologia de envase asséptico permite a distribuição e o armazenamento no ambiente, sem a necessidade de refrigeração intensiva de energia;
  • Conduzir uma agenda ativa para desenvolver as cadeias de valor da reciclagem.

“Já demos grandes passos em nossa jornada para sermos pioneiros em um futuro sustentável. Entretanto, com a atual crise climática e os potenciais desafios de segurança alimentar, acreditamos que a indústria de embalagens de alimentos precisa de uma grande mudança em sua evolução. Nossa ambição é entregar a embalagem de alimentos mais sustentável do mundo. Isto significa criar caixinhas totalmente feitas de materiais renováveis ou reciclados, e neutras em carbono. Vemos isto como a única maneira de proteger o que é bom – alimentos, pessoas e o planeta”, complementa Adolfo.

Para saber mais detalhes do compromisso ambiental da Tetra Pak confira um documentário produzido pela Bloomberg com as 50 principais líderes em sustentabilidade e clima, clique aqui

 

Matéria anteriorLíder na produção de cloro investe cerca de R$ 3 milhões em projetos que devem impactar mais de 12 mil pessoas
Próxima matériaLubrificação industrial com biodegradáveis: como uma pequena mudança pode impactar diretamente o meio ambiente?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 × 3 =